21/06/2010

A Saga do Amor - Parte III (Qualidades e defeitos da pessoa amada)


No começo de uma relação, nossa tendência é idealizar o parceiro. Só conseguimos enxergar o que ele tem de bom e de comum com a gente. Depois, com o tempo, a realidade se impõe e passamos a só dar valor aos aspectos negativos e às diferenças que tem conosco.
Equilibrar nossa visão do parceiro é um exercício que vale a pena ser feito, porque evita muitos conflitos desnecessários.

Quando conhecemos alguém que nos interessa, colocamos atenção do suas qualidades, nas coisas que acreditamos ter em comum, enaltecemos tudo que a pessoa faz por nós. Em contrapartida, damos atenção mínima aos seus pontos negativos e negamos as diferenças que tem conosco. Em outras palavras, o idealizamos.

Com o tempo, a realidade se faz presente e a idealização não se sustenta. Aí começam os problemas. Sentimos-nos traídos, enganados. A verdade é que nosso cérebro distorceu nossa visão. Ao cair na real, cometemos outro erro: passamos a depositar atenção dobrada nos defeitos da pessoa e nas diferenças que tem conosco, eliminamos seus pontos positivos, negamos o que temos em comum - parece que o antigo amor-perfeito agora só faz coisas que nos aborrecem e por isso desejamos nos afastar.
Fica difícil fazer com que um entenda que o outro não pretende magoar ou aborrecer.

As coisas seriam mais fáceis se nos empenhássemos em colocar atenção igual no que o outro tem de positivo e de negativo. Teríamos uma visão mais equilibrada, seríamos mais justos, mais tolerantes.

O objetivo então deve ser manter o foco nas virtudes do outro, pois a primeira coisa que fazemos quando ele nos aborrece é esquecê-las.


(Baseado nos estudos de Rosa Avello, psicoterapeuta e especialista em sexualidade humana e na identificação de perfis psicológicos)

12 comentários:

Sil.. disse...

Ucha querida, eu precisoooo aprender isso rs.

Um abraço grande!

Áires Cássia disse...

Oi
Obrigada pela visita...gostei do seu texto...e o que está escrito aqui é a pura verdade...se conseguir equilibrar os dois me ensina,...rsrsrsrrs...estou precisando...bjs...espero sempre te ver no meu cantinho.
Beijos

Camila Fontaine disse...

ooi, vi que você comenteou no meu blog e vim agradecer! :D

que bom que gostou das bobeirinhas que eu escrevo! hahaha fico feliz =)

vou dar uma lida no seu agora!
mas obrigadaa

e eu to seguindo os seus dois blogs.
beeeijos

Gabi disse...

Oi linda, briigada viu? (:

bloogs lindos. to seguindo os dois. *.*

me segue lá também :D

Momentos de Insanidade e Lucidez disse...

Gostei do seu blog também... fiquei fã! OBRIGADA pela visita, tenho um outro em que conto minha vida!!! se quiser saber passa lá...
é sobre uma criança adotiva...

bjs

http://conversandocommeusbotes.blogspot.com/

Rafael Ayala disse...

Ei, teu blog é muuuito bonito! Sério mesmo, muito legal.

E adorei o texto do dia dos namorados, passei solteiro também e numa cidade paradisíaca hehehehe. Ê, ê...

E bem, a estudiosa nos diz o que aprendemos vivendo. A Rosa deve ter ajudado muita gente já...

É normal a idealização do começo e a negação um pouco depois, o ideal é fazer como tu disse, ter uma visão mais equilibrada. Mas quem é que consegue mesmo se apaixonar e não idealizar? hehehe

Espero voltar mais vezes por aqui.
Beijos!
=]

Gabi disse...

Oi linda! Brigada viu (:

eu vi seus blogs e os dois são muuito fofos. '
queria tanto saber como faz pra personalizar o fundo que nem o seu =/

to te seguindo, me segue?

Ahh... Line. fuego. disse...

Follow me querida!

lindo blog.

bjos!

Gabi disse...

HAHA, ai linda ! meu msn tá em fase de exclusão por problemas namoratiivos' :P
o teu e-mail é o mesmo do msn?
mando por lá *.*

Obriigada pela atenção. Beeijos '

Gabi disse...

HAHAHA, é eu não tenho mesmo. excluí duas vezes. cansei =/

mais eu vo mandar tudinho por e-mail então. o meu é gaby_82k@hotmail.com tá?
se não conseguir mandar hoje, amanhã te mando. brigada (:

beeeijos. '

Gisele disse...

Você é linda, nova e inteligente.
O pouco que li do seu Blog vi o quanto vc é ansiosa por um amor. Sabe não sou muito diferente mas, as vezes temos que desencanar um pouco.
Sabe aquele papo de cuidar do jardim para que as borboletas venham?
Parece besteira mas funcionou bem comigo...
Adorei o texto!
bjsssss

Gabi disse...

já mandei o e-mail flor. Brigada viu? (: