23/05/2010

Eu 1 X 0 Neurótica Obsessiva Compulsiva

Hoje, conversei com uma pessoa com transtornos de neurose obsessiva compulsiva e aprendi o seguinte: GARRAFÃO QUE CARREGA GASOLINA NUNCA PERDE O CHEIRO. O amor, esse nobre sentimento, pode se transformar em uma doença se ultrapassar os limites do bom senso. Mas quem é que tem bom senso quando está apaixonado? Hã? Hã? É por isso que devemos tomar certos cuidados... Pois o amor pode realmente nos cegar e nos dar a falsa esperança de que aquela pessoa que amamos mudará para melhor, para que enfim se possa ter com ela um relacionamento feliz e tranqüilo. Até acredito que um sapo possa se transformar em príncipe e uma bruxa em fada, até porque não posso também perder a fé no ser humano. E eu não estou falando daquela mudança superficial e com prazo de validade. Pois assim seria como se o príncipe ficasse com resquícios de sapo, a fada de bruxa e o galão com o cheiro de gasolina. Estou falando de uma real transformação. Mas pra alguém mudar, melhorar e se transformar existe um longo processo de auto reconhecimento, auto análise e até auto crítica pra enxergar em si mesma a necessidade de mudança. A dona do blog Chá das 5, Germária Sampaio, tem razão quando diz: "Esse amor piegas corrói como câncer, aniquila e mata o verdadeiro sentimento. O verdadeiro amor não pede nada em troca e somente oferece aquilo que pode dar. Saiba com quem você se relaciona, questione, pergunte, não deixe que o caso role como um barco a deriva. Evite entrar numa grande roubada. Observe mais e deslumbre menos, não deixe os momentos românticos te cegarem. Que o homem possua qualidades básicas para entrar na vida de uma mulher. Que a mulher seja uma dama, que ela possua educação e dignidade. A má conduta é muito bonitinha no início, orgulhosamente acham que o amor transformará tudo. Ledo engano, pois garrafão que carrega gasolina nunca perde o cheiro meus amigos! Então, para um relacionamento sério pense: qualquer coisa não serve!" Sábias palavras, sábias palavras.

17 comentários:

PauloSilva disse...

Estou a seguir (:

Emanuelle disse...

Oi!
Obrogada por visitar meu blog.
Fiquei muito feliz! :)
Hum.. Sabe, gostei do seu texto.
E já passei por poucas e boas com uam pessoa "Neurótica Obsessiva Compulsiva". É, te digo que as pessoas mudam sim! Porém só se elas realmente querem e se você se dá o devido valor. Demorei pra aprender mas aprendi, hoje vejo resultados.
Ah! O amor não cega, o que cega mesmo é a paixão. Essa coisa avassaladora, calorosa, expontânea, irracional. Essa é a parte mais complicada da relação. Mas quando se torna amor, sublime, sereno, a gente não cega, a gente vê exatamente como a pessoa é e simplesmente amamos! A melhor parte da relação é quando há um "equilíbrio" entre paixão e amor.
Aí fica bom demaais! ;)
Vou te acompanhar!
Beijos!;*

PS.: Lindooo aqui! *-*

Marcelo Vinicius disse...

Oi, adorei o seu blog! Estou te seguindo!

Beijos!

Dethe Marthan disse...

Oi amigaaaaaaaaaaaa....cuidado, não vá acender um " fósforo" próximo a esse "garrafão" de gasolina viu? Se não, já sabe, quero tá longeeeeeeee...Texto maçaroca!!!!bj minha linda...

TYTO NEVES disse...

" GARRAFÃO QUE CARREGA GASOLINA NUNCA PERDE O CHEIRO"
Fantástico Ucha!!!
Realmente qualquer coisa não serve.
Bj

TYTO NEVES disse...

" GARRAFÃO QUE CARREGA GASOLINA NUNCA PERDE O CHEIRO"
Fantástico Ucha!
Realmente, qualquer coisa não serve.
Bjs

Sil.. disse...

Ucha minha querida, vim retribuir as palavras carinhosas no meu blog, e já chego encantada aqui.
Xiii, já tive muitos amigos assim, da gente dar conselho e nadaaa.
Mas aprendi a tomar muito pra mim essas coisas dos outros, senão a gente acaba pirando tbm rs.
Um abraço grande!

Wânyffer Monteiro disse...

haoiauhsoa
nem todo mundo aguenta TOC

Adorei o layout do seu blog
obrigada por passar pelo meu
beijos

Nine Frescorato disse...

Gostei do seu cantinho, tô seguindo...
=*

Jéssica Mayara disse...

-
Oi flor!
Adorei seu Blog tbm!
Tava sem escrever esses dias, por isso so vi teu comentário hj!

Mais vlw ai pelo elogio!

Seguindo tbm =D

Deby Dias disse...

-
Adooore seu canto muito charmoso ...
Seguingo
Bjo e bom final de semana :)

Carol Pessôa ® disse...

Oi, Ucha...

Obrigada por dar uma passadinha no 'Delícias da Loly'.

Vou compartilhar uma experiência, eu tive um namoro assim...o cara era meio paranóico e ligava e aparecia lá em casa de madrugada...e pra separar deu trabalho...pq eu tive que me tornar o oposto do que ele gostava em mim...pra q ele não me quisesse mais e terminasse comigo! Inteligência emocional...era melhor viver bem só do que sofrer com ele!

Qdo puder, visite tb o "Barbie com Defeito" [http://barbiecomdefeito.blogspot.com]...é meu outro blog!

Bjs, querida...vou te seguir!

Juliana Carla disse...

Boa noite Ucha!

Obrigada por visitar o Braille da alma. Em relação à frase em destaque de vermelho no meu cantinho é proveniente de um caso surreal! Uma pessoa usufruiu do meu blog para promover encontros amorosos. Então, as pessoas (até mesmo mulheres) deixavam seus endereços de MSN para que eu adicionasse (caso tivesse interesse naquela "cantada")... Era uma espécie de leilão cujo prêmio era eu! Fiquei chocada com isso! Fora o linguajar chulo de alguns indivíduos.

Falando de coisa boa, tudo aqui é muito regado com carinho, hein? Gosto desta dedicação.

Quanto ao post, eu gostei desta parte: “... para um relacionamento sério pense: qualquer coisa não serve!".

Sigo-te!

Abraço querida

Bloguinho da Zizi disse...

Te vi no blog do chá das cinco e vim te conhecer.
já estou por aqui.
beijinho

xandaerafa disse...

Garrafão que carrega gasolina também pode carregar perfume...As coisas mudam, a vida muda, o mundo gira..."a única constante no mundo é que tudo muda..." adorei seu blog, gosta de música?
Abraço

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Jenny Guimarães disse...

Oi.. valeu a visita lá no blog. De certo que não podemos desistir do amor, ou da nossa busca incessante ao amor verdadeiro!

Beijos!!